Cães de assistência e animais de estimação

Posso voar com meu cão de serviço?

Sim, isso é permitido, desde que atenda à documentação e aos regulamentos necessários. Se for voar com o seu cão de serviço, acesse o site avianca.com ou fale com o nosso Contact center pelo menos 48 horas antes da partida do voo para comunicar a situação.

Saiba mais sobre os requisitos e recomendações para o transporte de cães de serviço.

No aeroporto Considerações adicionais
  • Dirija-se ao balcão do aeroporto para verificar toda a documentação que o cão de serviço precisa para voar. No caso de voos internacionais, chegue 3 horas antes da partida programada e, no caso de voos nacionais, 2 horas antes.
  • Apresente o formulário impresso para o transporte de animais de estimação no porão e na cabine. Caso não tenha o formulário, peça aos nossos agentes de atendimento no balcão do aeroporto.
  • Se o cão tiver um comportamento potencialmente agressivo, coloque uma focinheira no cão e garanta o uso correto, se necessário. Se esse tipo de comportamento agressivo for evidente no cão, a tripulação poderá solicitar a utilização da focinheira.
  • Animais de estimação agressivos e que possam causar incômodo a outros passageiros e à tripulação não poderão voar na cabine; eles poderão viajar no porão da aeronave e você será responsável por quaisquer encargos adicionais incorridos.
  • As autoridades de saúde animal do aeroporto e a avianca se reservam o direito de recusar a admissão ou o transporte do animal de estimação, se considerarem que ele não atende às condições regulatórias e de segurança adequadas para o voo.
  • O cão de serviço deverá se comportar adequadamente em ambientes públicos. Por exemplo:
    • Ficar aos seus pés.
    • Não correr livremente pelo aeroporto ou a bordo do avião.
    • Não latir ou rosnar repetidamente para outras pessoas no aeroporto ou a bordo da aeronave.
    • Não tentar morder, nem morder outras pessoas.
    • Não pular nas pessoas.
    • Não deverá fazer as necessidades fisiológicas no aeroporto ou a bordo.
    • Se o cão de serviço se comportar de maneira inadequada, o embarque do animal a bordo poderá ser negado. Entretanto, se houver disponibilidade e mediante a aplicação dos encargos aplicáveis, o animal poderá ser transportado no porão.

Consulte a documentação

Esse artigo foi útil?